30 abril 2011

Vaidades

9 comentários:

the dear Zé disse...

ninguém escapa ao poder dos espelhos, nem com a ajuda de deus à humanidade perdida...

Rute disse...

É uma fotografia impressionante!!!

luisM disse...

Daqui a bocado é a beatificação de J. Paulo II. Estás arregimentado para a cobrir (salvo seja!), a preceito.

Vê lá, não deixes a ocasião passar sem a devida comemoração, depois da embalagem da Páscoa!

Não te vi no casamento da suposta virgem britânica (será que ainda deveria ser?). Gostei da rainha, acho que vai correr na próxima volta à França. E das medalhas, famosas, todas ganhas em combate feroz no Afeganistão!

Quanto ao Nenuco, fixe, já podes dormir descansado. No Natal pode ser que ganhes um urso de peluche, com um chapéu de dama britânica.

Helder Ferreira disse...

Espelho, espelho meu... :) Bom conceito!

Silvares disse...

Pobre criatura, o espelho sempre poderá ajudá-la a ignorar a ruína que é o mundo circundante...

mfc disse...

Ele não tem tempo e está de férias!

Camarandante disse...

Excelente!

manuel nieto disse...

un gran concepto en estas circunstancias, un abrazo

Ángel disse...

Como muñecos a merced de los tiempos implacables, y lo más curiosos es que seguimos teniendo sólo tiempo para el espejo
Grande Don Chapa
Un abrazo