23 abril 2011

Tempo de fé (2)

9 comentários:

Silvares disse...

Um dia destes começo a roubar-te fotos para ilustrar posts no 100 Cabeças. Já faltou mais. Tenho algumas guardadas numa pastinha...

teca disse...

Fé de todas as maneiras... genial!

Um beijo de FELIZ PÁSCOA!

( ),,( )
(=':'=)
(,,)♥(,,)

the dear Zé disse...

andas muito beato, deves estar a tirar algum curso de santo por correspondência...

Luís disse...

A essa podes chamar anunciação. O anjo vermelho está prestes a chegar, por detrás do biombo, mas a intuição da virgem predispô-la à grande nova, pelo que já está em recolhimento.
Bem visto!

Agora encomendo-te a ressurreição. Se te saíres bem darás um bom acólito.

Desta época negra, esperam-nos tempos memoráveis, basta que acreditemos!

E tu, acreditas?

Índigo disse...

Atada con ese hilo negro. Sostenida con esa cuerdecita naranja, se tambalea. Y el rojo se tapa para no mirarla y ella, en su marfil, te mira a ti. Y tú nos desafíes con tu mirada "muito beata". Malos tiempos para la fe. Bellos tiempos para la lírica. Como siempre, me extiendo demasiado pero me gusta venir aquí y observar al observador. Un abrazo, Chapa.

cascarilleiro disse...

Genial el enfoque y encuadre,buen ojo.

Saludos.

Helder Ferreira disse...

:-) fé por todos os lados.. ;-)

La sonrisa de Hiperión disse...

Tiempos de la pasión, aunque pasados por agua.

Saludos y un abrazo.

mfc disse...

A senhora fica iluminada à noite?!
... então é das verdadeiras!!!