25 abril 2013

Traz outro amigo também

Amigo
Maior que o pensamento
Por essa estrada amigo vem
Não percas tempo que o vento
É meu amigo também
Em terras
Em todas as fronteiras
Seja bem vindo quem vier por bem
Se alguém houver que não queira
Trá-lo contigo também
Aqueles
Aqueles que ficaram
(Em toda a parte todo o mundo tem)
Em sonhos me visitaram
Traz outro amigo também 
Zeca Afonso , 1970

5 comentários:

Índigo disse...

Un abrazo muy amigo querido amigo Chapa.

Susanne disse...

Two red carnations together with different words.
Words have such an impact on what you see and feel.

Beautiful poem....beautiful flower....I love.

Beijos

k@miz disse...

Fecha señalada que bien acompañas con esta bonita fotografía.
Saludos

Angel Corrochano Pérez disse...

Un fuerte abrazo Chapa, debemos resucitar esos espíritus de lucha que un día fueron la clave
Un abrazo

the dear Zé disse...

dantes cantava-se que "até os mortos vão ao nosso lado"... o problema hoje são os vivos que se esquecem que o são...