13 junho 2010

Caminho

15 comentários:

the dear Zé disse...

o teu castelo?
não deve ser mau ter-se um castelo, eu cá não tenho nenhum.

Chapa disse...

Não, desta vez não é o meu castelo. É uma rua de Serpa, perto do restaurante Molhóbico.

ÍndigoHorizonte disse...

Y ¿dónde está tu castillo, entonces? Es para pasar algún día por allí. Preciosa foto.

Unknown disse...

... saltando entre sombras!
Gosto do forte contraste.

Margarida Fernandes disse...

Serpa, bonita terra do meu querido alentejo.
Tanto canto e recanto magnifico para fotografar.

Contraste perfeito.

ÍndigoHorizonte disse...

Vou ficar no teu castelo. Abraço. Indigo

sociedaddediletantes.blogspot.com.es disse...

precioso caminho, magnígica fotografía

Unknown disse...

Gostei.
Que longo caminho que ainda deve haver por percorrer..

JL LEAL disse...

Que buenos tonos, me gusta!

Anónimo disse...

Un camino para pasearlo con la cámara en la mano. Supiste aprovechar la ocasión y lo hiciste magistralmente.
Un saludo

the dear Zé disse...

Foi nesse que nós o molhámos?

Chapa disse...

Não, devíamos ter molhado ali.

Gelfoto disse...

Camino del negro absoluto, tan sólo las texturas nos hablan el lenguaje de la fotografía.
Un abrazo

Catalina Ginard disse...

fantastica, me encanta esta imagen...un abrazo

Unknown disse...

gosto deste tom carregado, deste equilibrio sol/sombra...um pé para esquerda, sente-se o sol na cara...um pé para direita, disfruta-se da sombra...fui saltitando!!! :)