04 maio 2006

Linhas


curvas, rectas, convergentes ou divergentes, gordas e magras, de todas as cores.
As linhas parecem gente.
Umas, dinâmicas, desenhando os caminhos intermináveis da imaginação e outras, estáticas, descrevendo becos sem saída, curtos e cinzentos.

6 comentários:

T. disse...

Releve o que poderá parecer falta de atenção, mas só hoje me é possível agradecer a amável visita e pertinente comentário que fez no blog 'visitasdeestudo'.
Desafortunadamente, não tenho agora mais tempo para ver o seu espaço como eu gostaria e merece. Voltarei!
Abraço.

sonia r. disse...

Belas linhas...boa noite.

BB (O.ö) disse...

rabiscos de gente?

DIAFRAGMA disse...

Parecem vergadas sob o peso dos anos, de tanto resistirem a qualquer coisa.

PV disse...

"Artesinha" vai enfeitando o poder e sua corte." Não é assim ?

sem cantigas disse...

muito bom!