10 abril 2006

Exílio

Quando a pátria que temos não a temos
Perdida por silêncio e por renúncia
Até a voz do mar se torna exílio
E a luz que nos rodeia é como grades


Sophia de Mello Breyner Andresen

4 comentários:

wind disse...

Colocas fotos e poemas lindíssimos.
Vou-te linkar:)

Anónimo disse...

"A violência juvenil tem um contributo muito importante para o funcionamento do Sistema Nacional de Saúde" - Dra. Kity in "Relações Comerciais", Revista "Espírito", nº 31, 2006.

www.riapa.pt.to

sonia r. disse...

Belo poema de Sophia. Uma boa noite Chapa.

DIAFRAGMA disse...

Sensacional fotografia, para acompanhar um belo poema.
Tem qualquer coisa de místico.