15 abril 2014

Como um rio


3 comentários:

Remus disse...

Duas realidades totalmente diferentes que ficaram retratadas em perfeita harmonia.

the dear Zé disse...

xap xap xap

Gelfoto disse...

Tremenda, esos reflejos son inquietantes.
Un abrazo