19 maio 2009

Céu azul

13 comentários:

Gonçalo T. Almeida disse...

Olá, obrigado pela visita. Tens aqui registos muito interessantes. Gostei.

Ángel Corrochano disse...

Como el ojo que todo lo ve. El cielo a través de un agujero, un grito de libertad acaso. Bien pensado y bien interpretado.

Saludos

isabel mendes ferreira disse...

e fico a olhar o azul azul azul assim temperado de um olhar de terra.....


adoro!

Sandra Rocha disse...

Fantástico registo, sempre com um olhar atento :)
Beijokas.

ricardo emilio bianco disse...

siempre descubriendo el detalle. muy buena

Victor Gil disse...

O olho azul da ferrugem.
Mais um excelente clik. A oportunidade aproveitada.
Abraços
Victor Gil

cuentosbrujos disse...

Minimal pero poderoso, la textua de las redes de la entrada anterior es de lo mejorcito que he visto en mucho tiempo
saludos brujos

juan quintero disse...

Una imagen muy interesante. Me gusta el juego del oxido contra el cielo limpio a traves del agujero. Tambien me gusto la fotografia anterior, la de las redes. Un abrazo.

Cris Vieira disse...

Belas imagens, adorei o blog. Parabéns!!

Soraia de Chaves disse...

Olho cósmico que nos olha e espreita e julga. E condena a passar pelo buraco da chapa como os camelos da parábula.

Ou então não é nada disso, é apenas o Chapa a piscar-nos o olho.

Jokas maradas.

Caçador disse...

Olha um buraco a olhar para o céu!

Já viste o meu novo blogue? "tattoed city" só de graffitis e coisas assim, tatuagens nas cidades.
Fica o convite.

Selena Sartorelo disse...

Um convite a reflexão...
Mas resguardo-me para observar todas as possibilidades.

uma série de cores fortes e imagens certamente opostas...

beijos,

CybeRider disse...

E se de facto fosse ao contrário? Um universo de terra e os planetas fossem buracos nessa imensidão opaca? Seriam pontos de observação da barriga do infinito...

Olha que coisa...